09 de Outubro de 2007

Com que então é este o toque mais adocicado da minha solidão. Estar aqui, neste quarto atulhado, de paredes brancas, tentando descobrir como me sinto exactamente - como se isso me serve de conforto. Pequenas agulhas que se espetam no meu coração em vários locais. Um coração que pinga sangue, latejando para qualquer tipo de alívio - o tipo que nunca chega. E começo a ter memórias que nunca tive. Sim. E esta será uma das poucas felicidades de se ser solteiro de nascença. Algumas pessoas cometem o erro de achar que os solitários são pessoas sós; não necessariamente. Aprenderam a abraçar a sua solidão na totalidade. Existem momentos baixos é claro, mas não terão que sofrer pelas muitas dores de memórias de terem partilhado antes. Aprendem a viver sem os dolorosos pensamentos de terem tido um amor antes. Podem apenas imaginar o que será ter um coração despedaçado, mas nunca o sentiram. Por isso não lidam com isso. Podem apenas imaginar como será serem abraçados, amados, beijados e dormir acompanhados, mas nunca o sentiram. Por isso não têm saudades disso.

Mas, o que acontece quando se tem que lidar com esta solidão depois de ter entregue o coração a alguém? Entregas-te a alguém com esperanças e medos... e essa pessoa amachuca-te, rasga-te em pequenos pedaços de puzzle e atira-te ao chão. E vai-se embora. Simplesmente.

E tudo o que te resta fazer é apanhar as peças e tentar resolver como os colar de novo no lugar. Mas será sempre possível veres as fissuras nos locais onde foste rasgado.
publicado por Arms às 21:51
O ser so não é infinitivamente melhor. As coisas màs magoam, mas as coisas boas deixam aquela saudade que é impossivel de querer apagar.
Resta que olhes paras as fissuras nao como coisas màs, mas como fotos mal reveladas, de todas as coisas boas que viveste...

ps: tomei a liberdade de te linkar :p
Cofre a 10 de Outubro de 2007 às 16:32
concordo plenamente
Valter Ferreira a 10 de Outubro de 2007 às 17:46
Oi Arms!

Listen, that champagne was great man! It knocked me out for two days, since I don't drink lol...(totally fabulous)!

Amei este post!
Digo-te, já passei por isto há muito tempo atrás. De facto pode ser dito que uma pessoa não pode sentir saudades de algo que ainda não viveu; contudo defendo que um individuo tem sempre saudades de algo que ainda não viveu, nesta vida!
Não sei se acreditas no karma, e na reencarnação...mas parece-me lógico que uma pessoa reencarne, senão qual seria o propósito de estarmos aqui? Vir só uma vez, viver (por vezes) uma existência enfadonha, stressante, feliz e, depois partir? Qual o sentido disso? Nestas coisas apoio totalmente os hindus, os budistas, os espiritas e afins...

Podemos ser solitários e viver bem com isso, não obstante o nosso id diz-nos que há qualquer coisa mais à nossa espera lá fora! Temos que viver os amores, e para isso devemos subtilmente procurá-los (sem fazer disso o centro da nossa existência, é claro); devemos viver as disputas, as concórdias, os debates, as aprendizagens...devemos viver!
Amei quando disseste que temos de aceitar a vida (não foram estas as palavras, mas a essência é esta, não?)...aceitar o que a vida nos oferece é o princípio para o equilibrio mental, e espiritual!!!

Um abraço
Max a 12 de Outubro de 2007 às 16:49
Não percebi... onde ficou a masturbação?
Hugo a 14 de Outubro de 2007 às 08:51
Este teu post fez-me verter uma lágrima. Banal dizer mas é verdade. Sei muito bem do que escreves. Quem não viveu isso, não sabe mesmo.
Graduated Fool a 14 de Outubro de 2007 às 20:43
mais sobre mim
Prémios
Image Hosted by ImageShack.us
By Eu... Gay... e o meu Mundo
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Felizes Juntos (2009).
quote: o traço bonito e elegante reflectido no ímpeto neutralizado dos dias
By Felizes Juntos (2008)
quote: bom gosto e traço bonito e elegante.


últ. comentários
Olha eu estou exatamente igual.. Não me conseguiri...
Olá Arms!Há quanto tempo! Não tenho acompanhado es...
aqui ha dias vi te a subir a rua do sol ao rato.j...
Bem fixe isto. Nos extremos há coisas que nem sabe...
se estiver interessado/a num novo template para o ...
Sim, concordo.Mas acima de tudo, mais intervenção ...
Silêncio a mais... nessas viagens todas não há int...
Bom regresso à blogosfera
Concordo com o que dizes, tambem sou solteiro e as...
Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou ...
blogs SAPO
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
16
28
pesquisar neste blog