05 de Janeiro de 2008

É triste quando tens finalmente vontade de deitar tudo para fora e chorar e teres que o fazer na companhia de ti mesmo. Desabafar? Qui'é isso?

Vá, pelo menos ainda consigo dar estaladas a mim mesmo e dizer: "Raios, rapaz! Não achas que estás a ser dramático demais? Acorda!"

-.-'

Why do I even bother?
publicado por Arms às 23:44
Posso dizer-te uma coisa? se eu tiver oportunidade de ir p Lisboa em algum estágio posso ficar ctg? :P coisa atrevida lol ms assim fazemos companhia um ao outro e conversa n nos vai faltar!
EroS a 6 de Janeiro de 2008 às 01:39
Helluh Mr. Arms,
Sinto na pele muito do que tu sentes também... a solidão em algumas partes da nossa vida connsegues ser devastadoras em alguns momentos. Vou partilhar ctg uma coisa que um dia me disseram. Não é algo que, se calhar, tenha o propósito de te fazer sentir imediatamente feliz ou coisa do género, mas é uma grande verdade que me vejo esbarrando contra muitas vezes na minha vida.
"Os grandes caminhos são caminhos que custam a caminhar, por serem pouco caminhados" - Tu escolhes hoje ser alguém grande. Já o és - embora não te conheça sequer, acredito reconhecer grande sensibilidade, grande inteligência, grande honestidade, grande integridade. Todas estas pequenas grandes virtudes fazem de ti alguém a percorrer um caminho um tanto solitário... Agora vêm a boa noticia: as grandes recompensas vêm de percorrer estes caminhos... quando te cruzares com alguém no teu caminho, será algo muito melhor do que se estivesses a percorrer o caminho da multidão. Só te cruzas com iguais a ti (grandes, bons, dignos do que tens para oferecer), e isso é que garante o equilibrio: talvêz não seja tanto ou tão fácil - mas quando for... vai valer a pena!
Para mim, isto não é apenas algo em que quero acreditar... é algo em que TENHO que acreditar. Se não fosse assim, não faria grande sentido a minha vida. Vamos ver que, um dia, para nosso bem... vou ter razão!
Big Hug*, e muita força,
L
L a 6 de Janeiro de 2008 às 05:29
Não sejas tonto. Sabes que podes contar comigo sempre que precisares e quiseres. E quando estou de viagem, estou à distância de uma chamada, sms, e-mail, etc.

Por outro lado, sei que tens tendência para veres as coisas mais negras do que realmente elas são. Mas só às vezes, porque de outras pareces feito de ferro e és inabalável.
Em qualquer das situações estarei por perto e disponível para falar, apoiar, aconselhar e tudo o que estiver ao meu alcance.

Um abraço (deves estar a precisar).
Equilibrium a 6 de Janeiro de 2008 às 22:41
Se quiseres um ombro para desabafar, uns ouvidos para te esutarem, diz-me qualquer coisa, eu estou sempre por aí.
Abraço
TheTalesMaker a 9 de Janeiro de 2008 às 00:32
mais sobre mim
Prémios
Image Hosted by ImageShack.us
By Eu... Gay... e o meu Mundo
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Felizes Juntos (2009).
quote: o traço bonito e elegante reflectido no ímpeto neutralizado dos dias
By Felizes Juntos (2008)
quote: bom gosto e traço bonito e elegante.


últ. comentários
Olha eu estou exatamente igual.. Não me conseguiri...
Olá Arms!Há quanto tempo! Não tenho acompanhado es...
aqui ha dias vi te a subir a rua do sol ao rato.j...
Bem fixe isto. Nos extremos há coisas que nem sabe...
se estiver interessado/a num novo template para o ...
Sim, concordo.Mas acima de tudo, mais intervenção ...
Silêncio a mais... nessas viagens todas não há int...
Bom regresso à blogosfera
Concordo com o que dizes, tambem sou solteiro e as...
Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou ...
blogs SAPO
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
17
18
20
21
23
25
26
28
pesquisar neste blog