14 de Março de 2008

Sempre que faço este percurso penso que o vou rever.
Ainda não te esqueceste dele.
Não é isso. É só algo que sinto.
Alguma vez o viste desde que terminaram?
Não.
Alguma vez falaste com ele desde que terminaram?
Não.
Então o que te faz crer que o vais rever?
Porque ele faz este percurso diariamente.
Mas isso é pressuposto teu.
Sim.
Ele pode tomar outros caminhos, não pode?
Bem... Sim. Penso que sim.
Então porque ficas sempre à espera de o ver quando fazes este percurso?
Não sei. Porque fico sempre à espera de poder encontrá-lo e enfrentá-lo e dizer tudo o que ficou entalado.
Porquê?
Porque não tive oportunidade antes.
E é importante que o faças?
Sim.
Porquê?
Porque sim.
"Porque sim" não é uma resposta. Sabes qual é o teu problema?
Qual?
O teu problema é que nunca te passou pela cabeça que alguém te fosse largar. Foste sempre tu quem terminava os teus antigos namoros... Sempre imediatamente antes de se tornar algo mais intenso. Mas, desta vez, alguém fez o que fizeste. E pior. Estavas completamente apaixonado. Algo que ainda te negas a ti mesmo. Ele foi o grande amor da tua vida. E pior que isso, ele saiu tal e qual como tu saiste, de repente e antes que pudesses dizer algo.
É mentira... OK! Sim, apaixonei-me. Mas não foi o amor da minha vida.
Foi.
OK... Talvez até tenha sido. Mas isso não justifica a forma como me tratou.
Não, não justifica. A questão que te coloco é: até que ponto é que continuar com essa raiva vai contribuir com a tua felicidade? É assim tão importante procurares por alguém que já nada devia de significar?
Eu iria sentir-me melhor.
O teu problema é dares demasiada importância a alguém que já não tem importância nenhuma... e que, aliás, nunca teve importância. O teu problema é continuares a achar que ele deveria de te ter tratado de outra forma quando, na realidade, o que deverias de pensar é na forma como tu te tratas sempre que pensas nisso. Pensa nisso. Será melhor continuar a pensar nele ou será melhor começar a pensar em ti?
publicado por Arms às 20:46
tags:
As conversas connosco mesmo são tão produtivas por vezes, como se soubessemos sempre as respostas para os nossos dilemas, mas tivessemos receio de tomar consciência disso.

abraço
Mikael a 14 de Março de 2008 às 22:14
Sempre o eterno dilema de cortar o mal pela raiz. As raizes senão forem arrancadas acabam sempre por voltar a germinar, mas a grande dificuldade está em por as mãos na terra e arrancá-las. E as pessoas continuam a sofrer e é sempre o mesmo desatino.
Como te compreendo...
Abraço grande
Miguel
Algbiboy a 15 de Março de 2008 às 11:00
Avançar com a nossa vida sim! A grande questão é que o coração nos costuma atraiçoar a mente... um filme que aconselho o visionamento: "La Môme". Porque a vida, sofrida ou não, é para ser vivida ;)
Anónimo a 15 de Março de 2008 às 12:58
É engraçado como os outros têm sempre soluções milagrosas para as nossas inquetações. é cómico!

Aquele abraço!
Andas desaparecido!
Kokas a 17 de Março de 2008 às 18:23
É engraçado como os outros têm sempre soluções milagrosas para as nossas inquetações. é cómico!

Aquele abraço!
Andas desaparecido!
Kokas a 17 de Março de 2008 às 18:23
Também eu de início tentava passar por sítios onde pudesse rever alguém. Mas percebi que era pior.
Segue a consciência e ruma para a frente. Há certos fantasmas que devem ser repelidos... força nisso.
TheTalesMaker a 23 de Março de 2008 às 22:40
mais sobre mim
Prémios
Image Hosted by ImageShack.us
By Eu... Gay... e o meu Mundo
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Felizes Juntos (2009).
quote: o traço bonito e elegante reflectido no ímpeto neutralizado dos dias
By Felizes Juntos (2008)
quote: bom gosto e traço bonito e elegante.


últ. comentários
Que texto! Que texto! Sou solteiro por opção e que...
Olha eu estou exatamente igual.. Não me conseguiri...
Olá Arms!Há quanto tempo! Não tenho acompanhado es...
aqui ha dias vi te a subir a rua do sol ao rato.j...
Bem fixe isto. Nos extremos há coisas que nem sabe...
se estiver interessado/a num novo template para o ...
Sim, concordo.Mas acima de tudo, mais intervenção ...
Silêncio a mais... nessas viagens todas não há int...
Bom regresso à blogosfera
Concordo com o que dizes, tambem sou solteiro e as...
blogs SAPO
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
16
18
20
21
23
26
28
29
30
pesquisar neste blog