17 de Março de 2008

A pessoa que me disse o que escreverei a seguir provavelmente não irá ler isto, mas fica o desabafo, uma vez que tal não se realizou e ele afirmou "a pés juntos" que se iria realizar. E fica anotado que devo ser certamente a excepção à regra quanto à teoria da pessoa... ou então estas coisas 'só não acontecem comigo'!

No entanto, a teoria dele parece-me bem real e, a cada dia que passa, mais real e verdadeiro me parece.

O meu problema, segundo a teoria dele, quanto ao facto das pessoas se sentirem (supostamente) intimidadas por mim deve-se ao facto de (aparentemente) eu estar já num estado avançado da vida. Ou seja, em termos de experiências e personalidade sou mais adulto para a minha idade. Bom, tendo em conta algumas pessoas que conheço, eu diria que sim. E não é por questões de modéstia (seja ela verdadeira ou falsa). Nos dias que correm quando sabes de uma verdade sobre ti (mesmo que isso seja algo 'melhor' do que as pessoas que nos rodeiam) nem vale a pena andar com modéstias ("porque fica bem"). E nem digo isto para impressionar - não tenho paciência para exibicionismos. Digo isto pelo simples facto de que é verdade. Tendo em conta as pessoas que conheço e tendo em conta o que vejo por aí, a verdade é que eu sou, de facto, dos poucos que têm dois palmos de testa. Felizmente que existem muitas pessoas que me rodeiam e me são mais próximas que têmigualmente dois palmos de testa (alguns até têm três palmos). Mas, facto é que, olhando para os outros, eu sou de facto mais adulto do que muitos da minha idade. Agora, se por personalidade ou por experiência, não sei... Mas ando a divagar agora.
Enfim, continuando a teoria. O facto de ser mais adulto do que sou (bem, pelo menos para algumas coisas) faz com que as pessoas não se interessem emocionalmente por mim, simplesmente porque (e citando-o) "sou demasiada areia para o camiãozinho deles"! Na altura achei esta teoria toda uma grande treta (e a forma que arranjou para tentar me animar) mas, passados estes meses todos, começo a achar que ele tem razão nalguns pontos. Embora a teoria dele seja muito rebuscada (ou não) para mim, a verdade é que acontece quase assim. Continuando. Segundo ele, quando aparecer a pessoa que não se sentir intimidada por mim (ou pela aparente inatingibilidade que transmito) a relação será muito boa e duradoura se não "até ao fim dos meus dias". Agora a parte onde vou brincar e picar. Segundo ele, quando ele diz isto a alguém a pessoa encontra a tal pessoa ideal passado seis meses. Ceeerto!!! Contou-me em Agosto, estamos em Março. Ou seja, isto já vai pelos oito meses! Tinhas-me dito...

É óbvio que estou na brincadeira. Se já esperei seis anos para que me aparecesse alguém na vida, penso que aguento relativamente bem uns largos meses. Só espero que não sejam outros seis anos... É que quero aproveitar antes da Andropausa!! Seja como for, neste momento há coisas que tenho que tratar primeiro...

Ai... as coisas que penso durante o dia. Sinceramente... Sou realmente daquelas pessoas que adoram complicar a vida! Chiça!
publicado por Arms às 20:07
Lol não há uma fórmula para a vida; há quem dê sucessivos trambolhões, há quem case tenha filhos e viva uma coisa certinha, há quem ame, há quem desame, há quem sonhe da janela do seu quarto... há pessoas que não se aproximam porque nem sequer tentaram, estão na fase do usar e deitar fora. será difícil a aproximação a uma pessoa que está além do comum dos mortais, pela sensibilidade, maturidade, a genialidade, ou que já percebeu como as coisas funcionam apenas de hoje para amanhã e a tal se recusa, o que quer que lhe chamemos, não sei se é o teu caso, estou apenas a divagar por um exemplo... e mudar de ares não? deve haver por aí outros ares que não os onde circulas! se tu adoras complicar, eu também adoro. devemos ser os gajos dos trambolhões e dos espalhanços ao comprido, um pouco como La Môme Piaf, mas menos. e agora põe a fórmula fora que eu próprio abomino a ciência :P!!!
Anónimo a 18 de Março de 2008 às 12:39
Então descomplica. Mas olha que eu conheço alguns dos teus amigos e eles aparentam ter mais que dois dedos de testa, já sem falar em pessoas como eu que vão ficando carecas.
TheTalesMaker a 23 de Março de 2008 às 22:46
mais sobre mim
Prémios
Image Hosted by ImageShack.us
By Eu... Gay... e o meu Mundo
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Felizes Juntos (2009).
quote: o traço bonito e elegante reflectido no ímpeto neutralizado dos dias
By Felizes Juntos (2008)
quote: bom gosto e traço bonito e elegante.


últ. comentários
Olha eu estou exatamente igual.. Não me conseguiri...
Olá Arms!Há quanto tempo! Não tenho acompanhado es...
aqui ha dias vi te a subir a rua do sol ao rato.j...
Bem fixe isto. Nos extremos há coisas que nem sabe...
se estiver interessado/a num novo template para o ...
Sim, concordo.Mas acima de tudo, mais intervenção ...
Silêncio a mais... nessas viagens todas não há int...
Bom regresso à blogosfera
Concordo com o que dizes, tambem sou solteiro e as...
Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou ...
blogs SAPO
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
16
18
20
21
23
26
28
29
30
pesquisar neste blog