21 de Agosto de 2006

Serei eu uma má pessoa por sorrir da mágoa de uma pessoa que me fez mal?
Serei má pessoa por pensar "bem feita" a alguém que me fez mal?

Não sou vingativo nem tenho pensamentos vingativos. No entanto, quem me faz mal tem apenas aquela oportunidade. Mas, soube de notícias de um ex-amigo estar numa crise e sorri. Sorri porque ele traiu-me a confiança há uns anos atrás e, desta vez, alguém traiu-lhe a confiança. E eu sorri.

Serei má pessoa?

Sinceramente, eu não o acho. Vejo a vida como uma sucessão de opções e consequências. Ele decidiu traír-me. Eis aí mesmo a consequência, meu amigo...

Não esperes pena nem dó nem falsas simpatias. Porque eu não tos dou. Serei má pessoa? Não. Apenas humano...
publicado por Arms às 23:02

"Só és respeitado por quem te respeita." - dito pela minha amiga Liliana.

Anuncio formalmente que iniciou-se a contagem decrescente para o meu post n.º200. Este é o post n.º192. Aproxima-se a altura de dar mais uma daquelas festas memoráveis... =)
publicado por Arms às 19:55

Um inglês vai ao supermercado comprar: pay she, car need boy e may on easy. À saída diz: Food ace! Is key see me do too much. Put a keep are you!

XD

(Tradução nos coments.)
publicado por Arms às 12:39

Pois... não contei nada.

A minha mãe estava acompanhada da sobrinha do meu padrasto. Decidi não contar nada. Prefiro contar quando estiver sozinho com ela, para melhor lhe explicar as coisas. Mas, mesmo assim foi bom rever a minha mãe.

Enfim... Tenho tempo. Temos tempo mãe...

Falamos da minha minha escola. Ela ficou decepcionada de eu ter que repetir o ano mas ficou contente por saber o porquê e por saber que o filhote está bem.

- Estás mais bonito com esse cabelo penteadinho. - disse-me ela. - Mas podias ter feito a barba para vires ver a tua mãe.

No fim ela diz-me:

- Tens um sinal na testa. Aí, na linha do cabelo. Isso parece uma carraça.

o.O

Ó mãe! LOOOOOOOOOOOOL
publicado por Arms às 10:43

Pois. Eis que me chega finalmente o grande dia. O dia em que vou contar à minha mãe o grande segredo (que ela já deve desconfiar) da minha vida.

Estou terrificado. Completamente afogado no meu próprio medo...

Chegou a hora. Sinto-o em todos os meus ossos. Já lhe fui fazendo uma espécie de preparação (e aproveitei para fazer as minhas próprias pesquizas) quanto ao facto de ela ter um filho gay. Confesso que nem sei como começar por lhe contar e confesso que tenho tanto medo... Apesar de, por dentro, sentir que ela já sabe.

Só espero não voltar atrás ou acobardar-me.
publicado por Arms às 02:42
mais sobre mim
Prémios
Image Hosted by ImageShack.us
By Eu... Gay... e o meu Mundo
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Felizes Juntos (2009).
quote: o traço bonito e elegante reflectido no ímpeto neutralizado dos dias
By Felizes Juntos (2008)
quote: bom gosto e traço bonito e elegante.


últ. comentários
Que texto! Que texto! Sou solteiro por opção e que...
Olha eu estou exatamente igual.. Não me conseguiri...
Olá Arms!Há quanto tempo! Não tenho acompanhado es...
aqui ha dias vi te a subir a rua do sol ao rato.j...
Bem fixe isto. Nos extremos há coisas que nem sabe...
se estiver interessado/a num novo template para o ...
Sim, concordo.Mas acima de tudo, mais intervenção ...
Silêncio a mais... nessas viagens todas não há int...
Bom regresso à blogosfera
Concordo com o que dizes, tambem sou solteiro e as...
subscrever feeds
blogs SAPO
Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
pesquisar neste blog