22 de Setembro de 2006

Meus amigos... Visto que eu não vou poder vir à net anunciar o meu aniversário no domingo, digo agora.

Faço anos no dia 24... ^^

26 anos... até parece mentira... sinto-me como se ainda tivesse 19... Bem, eu ATÉ pareço ter 19 anos... enfim, isso não vem ao caso agora...

Este ano não vou deixar que passe em branco. Até porque, desta vez, tenho mais que muitos motivos para celebrar os meus anos:

Tenho novos amigos excelentes e vou conhecendo mais ainda.
Tenho um amor que me preenche a alma.
Tenho sonhos e objectivos.

Poderia ter mais... ou poderia ter menos. Isso não interessa... Vou iniciar este meu ano com esperança e confiança (e as eventuais bebedeiras dos pessoal. Sim, porque eu não bebo álcool. Mas talvez abra uma excepção este ano ^^)

Bem... tudo isto para vos dizer uma coisa bastante simples.

QUERO COMENTÁRIOS A DESEJAR-ME OS PARABÉNS!!!!

Isto porque apetece-me ser egocêntrico, pelo menos uma vez na vida... E que seja no dia em que nasci, não é? Ajudei tanta gente, acho que mereço... ^^'

Epá, mas dêem-me apenas os parabéns no dia 24 ou depois, não antes... ou então façam o seguinte. Escrevam antes de comentarem: "Para ser lido depois do dia 24!" E assim fica resolvido, 'tá? Obrigado...

Agora, eu vou deitar-me porque amanhã vou para Lisboa para abalar com aquela cidade. Ui!! Mal posso esperar para dar um longo beijo ao meu amor... ^^

Fui... Voltarei um ano mais velho e (talvez) com mais juízo... mas duvido! LOOOOOOOOOL
publicado por Arms às 00:43
21 de Setembro de 2006

Pois... Depois de ter recebido uma má notícia, resolvi analizar a minha situação para tentar manter a objectividade.

Situação actual:
Estou sem trabalho e não posso continuar os meus estudos porque a situação financeira da minha mãe não o permite. O meu pai recusa-se determinantemente a ceder um centavo que seja para os meus estudos.

O que tenho que me poderá ajudar:
- Determinação.
- A possibilidade de criar uma empresa de design (ainda não legalizada) com mais três colegas, que pretende oferecer os seus serviços para quem precisar.
- Um dom para o desenho e uma criativaidade que muitos consideram única.
- Conhecimentos de informática e programas como: Photoshop, 3D Studio Max, Premiere, Dreamweaver, Fireworks, Freehand, InDesign, e outros programas de edição de imagem e texto.

O que fiz para mudar a minha situação:
Procurei no Centro de Emprego (CdE) por cursos de formação para ver se poderia resolver alguma coisa. Acontece que não há nada disponível para uma pessoa na minha situação: os cursos destinam-se a pessoas que procurem o primeiro emprego e eu, como já descontei para a Segurança Social durante ano e meio, para o CdE isso é já considerado como 1º emprego.

O que pretendo fazer:
- Não desistir.
- Enviar os meus trabalhos a todas as editoras, gráficas, empresas ligadas à produção de jogos e objectos lúdicos, tanto a nível nacional como internacional, a fim de encontrar alguma solução.

O que preciso:
- Qualquer ajuda que me poderão dar.
- Pessoas que queiram apostar na nossa empresa.
- Pessoas que queiram apostar em mim.

Soluções que pensei para resolver a minha situação:
Vejo várias opções:
- Mudar de cidade, trabalhar para juntar algum dinheiro, e mais tarde retomar os estudos. Muitos tiram cursos aos 30 anos e conseguem... Poderei fazer o mesmo.
- Se receber alguma resposta das editores, gráficas e/ou empresas, aceitar sem problema nenhum.
- Se surgir alguma proposta relativamente a design que eu possa dirigir à empresa aceitá-los de bom grado.
publicado por Arms às 17:57
20 de Setembro de 2006

Tu podes ter defeitos, viveres ansiosamente e ficares irritado algumas vezes, mas não te esqueças que a tua vida é a maior empresa do mundo. Só tu podes evitar que ela vá à falência.

Lembra-te sempre que ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, trabalhos se fadigas, relacionamentos sem decepções. Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros. Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas reflectir sobre a tristeza. Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos. Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz não é uma fatalidade do destino, mas uma conquista de quem sabe viajar para dentro do seu próprio ser. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da tua própria história. É atravessar desertos fora de ti, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da tua alma. É agradecer todas as manhãs pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos teus próprios sentimentos. É saber falar de ti mesmo. É ter coragem para ouvir um "não". É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta. É beijar os filhos, amar os pais e ter momentos poéticos com os amigos, mesmo que eles nos magoam.

Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós. É ter maturidade para dizer "eu errei". É ter ousadia para dizer "perdoa-me". É ter senibilidade para dizer "preciso de ti". É ter capacidade para dizer "eu amo-te". É fazer da vida um canteiro de oportunidades.

Que nas tuas primaveras tu sejas amante da alegria. Que nos teus invernos tu sejas amigo da sabedoria. E, quando tu errares no caminho, começa tudo de novo.

Pois assim tu serás cada vez mais apaixonado pela vida e descobrirás que ser feliz não é ter uma vida perfeita, mas é usar as lágrimas para irrigar a tolerância, usar as perdas para refinar a paciência, usar as falhas para esculpir a serenidade, usar a dor para lapidar o prazer, usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.

Nunca desistas de ti mesmo. Nunca desistas das pessoas que amas. Nunca desistas de seres feliz, porque a vida é uma experiência imperdível...

;)
publicado por Arms às 14:51

Despreza as estradas largas, segue os carreiros
Autor: Pitágoras

Muitas vezes chegamos à conclusão que aquilo que nós buscamos, aquilo que mais desejamos, não é previsto. Podemos andar a enganar a nós próprios sobre aquilo que realmente queremos durante anos, sem que nos aprecebamos que a única coisa que estamos realmente a fazer é perder mais um bocado da nossa identidade. Entramos num círculo vicioso de auto-destruíção, completamente iludidos com o facto de acharmos que estamos a chegar a algum lado. Quando, na realidade, estamos exactamente no sítio por onde começámos. Que fazer para remediar esta situação? Não há respostas nem receitas, e estas coisas não vêm em manuais ou nos livros de "como aprender em 10 passos simples". Cabe a cada um avaliar exactamente o que quer e o que deseja e sair desse vórtex que nos suga ao esquecimento. Para uns é seguir por outro caminho, para outros abdicar de si mesmo e extinguir-se para renascer. E outro, talvez os mais loucos, os que nada têm a perder, abdicam de tudo e mudam completamente de local para começarem de novo. Erradicam com o seu passado para começarem de novo.

Não interessa os caminhos que se toma, nem as coisas que abdicamos. O que interessa é que chegamos ao nosso destino com muito mais do que começamos - e o que realmente interessa não são os posses materiais que acumulamos, mas a experiência que tivemos. Só assim saberemos que tivemos uma vida farta! E nunca, nunca ter medo de desistir de tudo, quando a altura for certa, para recomeçar. Há decisões que tomamos que estão erradas, nunca se deve ter medo de admitir um erro.

Que comece então o meu novo caminho que eu já decidi segui-lo. Acompanha-me quem quiser. Apoia-me quem quiser. Desaprovam os que quiserem. Isso é problema vosso, não meu. Eu decidi seguir este trilho novo, quer gostem, quer não. Poderá acabar num bêco, não sei. Mas, quem sabe, não acabará ele na minha felicidade? Eu confio em mim mesmo e acredito que tenho que fazer isto. E farei. Contra todos se for necessário. Mas farei.

E, se for uma má decisão... Olha, temos pena! Começamos de novo e avançamos na vida! Mas algo me diz que é uma boa decisão... sinto-o! ^^ Não espero facilidade, nada disso. Antes pelo contrário, será difícil, irei muitas vezes imaginar como seria se não tivesse tomado esta decisão. Mas, eu sinto mesmo, até ao tutano dos meus ossos, que preciso de fazer isto. E que me apoiem os que quiserem... poderei ter que precisar de uns apoios entretanto. Pelo menos sei que me espera algumas felicidades pela frente. E isto, já não sentia há muito tempo.

:-*
publicado por Arms às 10:44

"No fundo, a sabedoria do destino é a nossa própria. Porque a acompanhamos com uma consciência incessante daquilo que, no fundo, nos é permitido fazer. Podemos estar sujeitos a algumas tentações mas nunca nos enganamos. Agimos sempre no sentido do destino. As duas coisas formam uma só. Quem se engana é porque ainda não compreende o seu destino. Quer dizer, não compreende qual a resultante de todo o seu passado - o qual lhe indica o futuro. Mas quer o compreenda ou não, indica-lho à mesma. Cada vida é aquilo que devia ser."

Cesare Pavese, in 'O Ofício de Viver'
publicado por Arms às 02:16

"A esperança não é nem realidade nem quimera. É como os caminhos da terra: na terra não havia caminhos; foram feitos pelo grande número de caminhantes."
Fonte: "O País Natal" Autor: Hsun, Lu

"Os nossos êxitos mais felizes, têm uma mistura de tristeza."
Autor: Corneille, Pierre

"Todas as vitórias ocultam uma abdicação."
Autor: Beauvoir, Simone de

"Só existe um êxito: a capacidade de levar a vida que se quer."
Autor: Morley, Cristopher

"Acreditar naquilo que é possível, não é fé, mas simples filosofia."
Fonte: "Religio Medici" Autor: Browne, Thomas

"Nunca faça previsões, especialmente sobre o futuro."
Autor: Goldwyn, Samuel

"O importante não é aquilo que fazem de nós, mas o que nós mesmos fazemos do que os outros fizeram de nós."
Autor: Sartre, Jean-Paul

"Agir é acreditar."
Autor: Rolland, Romain
publicado por Arms às 02:04
19 de Setembro de 2006

Ela: Ó Armindo! Fui espreitar o teu blog... Epá. Podias pôr lá pensamentos interessantes e úteis. Sei lá, algo para ajudar os outros.

Eu: Hei! Psiu... Ali quem manda sou eu!

:P
publicado por Arms às 13:36

Estou com ele na cama. Ele faz-me massagens. Mas depressa começa a brincar, a fazer cócegas. Consigo soltar-me e dar a volta, ficando eu por cima. Dou-lhe um beijo e sorrio. E o momento começa a aquecer e... Pi pip!! Pi pip!! Toca o raio do telemóvel, para cortar o momento. Pi pip! Pi pip!! Acordo... Bolas! Raios! Até nos sonhos prestes a se tornarem picantes os telemóveis empatam-nos. E ainda dizem que foi a invenção do século vinte-um!

Nota mental: começar a tirar o som do telemóvel antes de me ir deitar!

Observação: normalmente não revelo os meus sonhos mais íntimos ao público em geral. Mas, tendo em conta que provavelmente nunca vos irei conhecer pessoalmente... menos mal. Aos que me conhecem, agradecia que não falassem sobre este sonho a mim pessoalmente, sob sérios riscos de eu ficar todo corado e começar a encolher-me. =P

Observação 2: epá... eu sou um rapaz de bem, sério e de respeito. Mas também mereço sonhos picantes!
publicado por Arms às 09:00

Confesso que estou completamente ansioso que chegue o Sábado...

Mas não sei o que vou fazer...

Se lhe dou um abraço apertado...

Se lhe dou logo um beijo...

Talvez eu fique todo tímido e acanhado...

Talvez fique todo retraído...

Mas sei que vai ser excelente...

Talvez lhe espete um beijo tímido e lhe retraia com um abraço...

Enfim...

Talvez ande para aqui a pensar demais...

Vou deixar as coisas acontecerem...
publicado por Arms às 05:56
18 de Setembro de 2006

Eu adoro a expressão inglesa "You're a pain in the ass!"

É como se estivesses a dizer: "És um hemerróidas!"

=P
publicado por Arms às 09:24
mais sobre mim
Prémios
Image Hosted by ImageShack.us
By Eu... Gay... e o meu Mundo
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Felizes Juntos (2009).
quote: o traço bonito e elegante reflectido no ímpeto neutralizado dos dias
By Felizes Juntos (2008)
quote: bom gosto e traço bonito e elegante.


últ. comentários
Que texto! Que texto! Sou solteiro por opção e que...
Olha eu estou exatamente igual.. Não me conseguiri...
Olá Arms!Há quanto tempo! Não tenho acompanhado es...
aqui ha dias vi te a subir a rua do sol ao rato.j...
Bem fixe isto. Nos extremos há coisas que nem sabe...
se estiver interessado/a num novo template para o ...
Sim, concordo.Mas acima de tudo, mais intervenção ...
Silêncio a mais... nessas viagens todas não há int...
Bom regresso à blogosfera
Concordo com o que dizes, tambem sou solteiro e as...
subscrever feeds
blogs SAPO
Setembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
23
24
25
26
27
28
29
30
pesquisar neste blog