27 de Junho de 2008

Nasceu hoje, às dez para as 3 da tarde. Um rapaz! O meu sobrinho. Passei a noite toda em claro e preocupado (a minha irmã deu entrada de madrugada) mas valeu a pena. Assim sendo, vou visitar a mana por uns dias, ver como está tudo.

Este blog vai fechar durante esses dias.
publicado por Arms às 15:24

1. Deve evitar ao máx. a utiliz. de abrev., etc.
2. É desnecessário fazer uma opção superlativa quanto ao estilo e empregar de um estilo de escrita demasiadamente rebuscado. Tal prática advém de um excessivo esmero a raiar o exibicionismo narcisístico.
3. Anule aliterações altamente abusivas., o mais possivel!
4. não esqueça as maiúsculas no inicio das frases.
5. Evite lugares-comuns como o diabo foge da cruz.
6. O uso de parêntesis (mesmo quando for relevante) é desnecessário.
7. Estrangeirismos estão out; palavras de origem portuguesa estão in.
8. Evite o emprego de gíria, bué, mesmo que pareça nice, tá fixe?
9. Palavras de baixo calão podem transformar o seu texto numa merda.
10. Nunca generalize: generalizar, é um erro em todas as situações.
11. Evite repetir a mesma palavra, pois essa palavra vai ficar uma palavra repetitiva. A repetição da palavra vai fazer com que a palavra repetida desqualifique o texto onde a palavra se encontra repetida.
12. Não abuse das citações. Como costuma dizer um amigo meu: "Quem cita os outros não tem ideias próprias".
13. Frases incompletas podem causar
14. Não seja redundante, não é preciso dizer a mesma coisa de formas diferentes; isto é, basta mencionar cada argumento uma só vez, ou por outras palavras, não repita a mesma ideia várias vezes.
15. Seja mais ou menos específico.
16. Frases com apenas uma palavra? Jamais!
17. A voz passiva deve ser evitada.
18. Utilize a pontuação correctamente o ponto e a vírgula especialmente será que já ninguém sabe utilizar o ponto de interrogação
19. Quem precisa de perguntas retóricas?
20. Conforme recomenda a A.G.O.P, nunca use siglas desconhecidas.
21. Exagerar é cem milhões de vezes pior do que a moderação.
22. Evite mesóclises. Repita comigo: "mesóclises: evitá-las-ei!"
23. Analogias na escrita são tão úteis quanto chifres numa galinha.
24. Não abuse das exclamações! Nunca! O seu texto fica horrível!
25. Evite frases exageradamente longas, pois estas dificultam a compreensão da ideia nelas contida, e, por conterem mais que uma ideia central, o que nem sempre torna o seu conteúdo acessível, forçam desta forma, o pobre leitor a separá-la nos seus diversos componentes, de forma a torná-las compreensíveis, o que não deveria ser, afinal de contas, parte do processo da leitura, hábito que devemos estimular através do uso de frases mais curtas.
26. Cuidado com a hortografia, para não estrupar a língúaa portuguêza.
27. Seja incisivo e coerente, ou não.
28. Não fique escrevendo no gerúndio. Você vai deixando seu texto pobre -ausando ambiguidade - e esquisito, ficando com a sensação de que as coisas ainda estão acontecendo.
29. Outra barbaridade que você deve evitar é usar muitas expressões que acabem por denunciar a região onde tu moras, carago!
publicado por Arms às 00:20
25 de Junho de 2008

Vou às compras e, na fila para pagar, o gajo à minha frente mete conversa comigo, falando de coisas que não me interessam para nada. E a única coisa que consigo pensar é que ele me faz lembrar alguém. Ele faz uma careta quando sorri e, a única coisa que penso é:

"My Gawd!! Ele é o Mr. Bean indiano!!"
publicado por Arms às 22:22
23 de Junho de 2008

A realidade atinge-te. Mas bate mesmo. Começas a aperceber-te de que as coisas estão tal como querias. Que as sandália estão velhas mas não te ferem os pés, que a música está mais que batida mas ainda te põe um sorriso na cara. Que uma palavra não te define. Lembras-te de tudo o que te tinhas esquecido enquanto não estavas por aqui. Das conversas de quilómetro e meio com os amigos. Aquelas onde não se aprende absolutamente nada. Do cheiro entranhado de cerveja nas bocas dos teus amigos depois de uma noite desastrosa. Das peripécias culinárias que levaram sempre a grandes descobertas apetitosas com resultados sempre imprevistos. De falar mal dos outros. Dos homens e das mulheres. De dormir no metro, acordando sempre algumas estações depois de onde se queria sair. De dores nos dentes, borbulhas por ter comido chocolates. De um sorriso de um estranho. De arrotar em frente aos amigos e ouvir comentários variados e hilariantes.

E, de repente, do nada, apercebes-te do verdadeiro valor que tudo isso tem. E isso dá-te uma boa perspectiva para o futuro. Para onde? Whatever...

Desde que eu esteja aqui comigo... e não saia mais.

Adoro.
publicado por Arms às 01:13

Quando sê lê demais, percebe-se que todos os temas a serem discutidos são clichês.
(...)


Mas é irónico com as pessoas, que te apontaram o dedo, dizendo que estavas errado, acabam por passar por situações em que, mais tarde, se descobrem no teu lugar... e percebem que tu afinal tinhas razão.

Eu não tenho que te desculpar pela tua ignorância, amigo. Tu é que tens.
publicado por Arms às 01:08
20 de Junho de 2008

Leram bem. Este termo novo parece ser a nova moda de relacionamentos desde 2005. O pseudo-relacionamento. Pseudo-relacionamentos são para os meninos e para as meninas que estão emocionalmente indisponíveis e têm fobia ao compromisso. Fazem de conta que namoram contigo. Fazem coisas tipicamente 'de casais' contigo, como ir ao supermercado, ir ao cinema e ficar em casa aos fins-de-semana e coisas desse género. Irão conhecer os teus amigos e apresentar os seus amigos. No entanto, não conseguem definir a relação como "real" uma vez que não são maturos o suficiente para embarcar um compromisso. Pseudo-namoros caem mais ou menos entre o/a 'amigo(a) colorido(a)' e o/a 'namorado/namorada'

Pseudo-relações podem durar meses... ou até anos. Pseudo-relacionamentos parecem ir a lado nenhum mas o pseudo-namorado ou namorada está feliz por alinhar na onda. É que, estar num pseudo-relacionamento significa que estás sempre disponível para uma 'inspecção' a qualquer momento. Talvez com direito a segundas e terceiras opiniões. Por isso, pseudo-namorados e namoradas irão continuar a flirtar, curtir, saltar a cerca sempre que a oportunidade surgir. Ou meter perfis na net e marcar encontros online.

Falando sobre a Internet, pseudo-relações parecem ter maior parte da sua intimidade online ou através de sms. Podem terminar contigo através do MSN. "É simplesmente tão difícil apaixonar-me," diz ele. "É tão difícil encontrar alguém simples e honesto que queira um compromisso sério," respondes tu. Assim que a relação começa a tornar-se verdadeira demais ou tu exiges um nível maior de compromisso o pseudo-namorado ou a pseudo-namorada desaparecem sem deixar rasto... e nunca mais tens notícias deles. Normalmente seguem e procuram outra vítima.

A única coisa boa da pseudo-relação é que o período de pós-depressão do pseudo-terminar de namoro não precisa de ser real também!
publicado por Arms às 20:05

Terminado o livro sobre a solidão, que foi apresentado aqui (no marcador "ficção"), e que, curiosamente, muitos acharam tratar-se da minha própria vida, decidi seguir por um outro ponto de vista. Talvez vá incluir estes novos textos no mesmo livro, para dar um bom contraste. Como devem ter reparado, todos os textos que escrevi eram bastante negros, em termos de sentimentos: abandono, melancolia, desespero, solidão, etc. Completamente depressivos e com a intenção de dissecar a lado negro (diria antes cinzento!) da psique humana. Agora, estou a escrever sobre a solidão, mas com um ar mais soft, mais colorido. Mas sempre com o mesmo tema geral: a solidão! Mas, ainda não sei se irei incluir no mesmo livro... Logo vejo isso.
publicado por Arms às 19:17
19 de Junho de 2008

(Continuação)

5) Oxyuranus temporalis - Mais uma cobra venenosa para a lista de cobras venenos do mundo. Como se já não existissem cobras venenos suficientes no mundo. Bom, a descoberta desta cobra provou à comunidade até que ponto desconhecemos o mundo, uma vez que a cobra é relativamente grande. Além disso, a sua descoberta apresenta mais um veneno para catalogar e estudar. Esta cobra entrou na lista e passou logo para o 3º lugar de cobras mais venenos do mundo.

4) Philautus maia - Um sapo (neste caso, uma sapa) morto, praticamente extinto, que havia sido descoberto em 1860 e confundido com outro sapo desde então. Esta sapa estava em exposição num museu este tempo todo com um nome falso. A (re)descoberta de uma outra sapa (também morta) veio mostrar a importância dos animais expostos em museus. Se esta sapa não tivesse sido descoberto no século 19, provavelmente ninguém a teria visto.

3) Desmoxytes purpurosea - Uma Milipeia (prima afastada da centopeia mas, com mais patas) são variadas em termos de tamanhos (mais perna, menos perna) e cores. Mas esta rosa choque destaca-se em qualquer rocha. Pensa-se que ela se destaca simplesmente para dizer aos predadores: "Olha! Sou ossuda, rosa e tenho um sabor horrível. Recomendo que vás comer ali o meu primo afastado, ok?"

2) Gryposaurus monumentensis - Mais um dinossauro descoberto. Este entrou na lista por ser velho como o caraças! Desta vez um herbívoro, com bico de pato, robusto... e morto. Provavelmente o maior "bico de pato" que existiu.

1) Electrolux addisoni - Esta espécie entrou logo para o topo da lista porque vem com neons e sinais incorporados. Esta brilha! E é uma raia! E entra na lista por causa do seu nome de género divertido. Os cientistas dizem: "O nome faz alusão às propriedades electrogénicas bem desenvolvidas da raia (que os fotógrafos tiveram o prazer de assistir e o desprazer de experimentar em primeira mão). A descoberta dá luz (latim, lux) na rica e mal conhecida diversidade dos ecossistemas do Oceano Índico Ocidental. E, a acção vigorosa de sucção do animal faz lembrar o conhecidíssimo aparelho electrónico usado para aspirar os detritos de carpetes e soalhos das casas modernas." Eis, finalmente, o aspirador natural.
publicado por Arms às 09:59
18 de Junho de 2008

Foram descobertas recentemente dez novas espécies no planeta. Ainda dizem que já se viu de tudo! Pois é, o nosso berlinde de planeta ainda tem alguns trunfos na manga. Numa época em que pensamos que já vimos de tudo, eis que surgem dez novíssimas espécies. Quer dizer, novos não. Nós é que não sabíamos que existiam. Todos os anos, o Instituto Internacional pela Pesquisa de Espécies (International Institute for Spieces Exploration, ou IISE), seleccionam as espécies que mais marcaram no último ano (o que significa que existem mais ainda). Mas, vamos à lista:

10) Tecticornia bibenda - Esta nova espécie entrou na lista por ser parecida com o boneco da Michelin. A razão menos importante é o facto de ter sido descoberto em 2007, no oeste da Austrália. Desconhece-se muito sobre esta planta. Existem ainda muitas outras plantas em lista de espera, aguardando um descrição e nome mas a ironia disto tudo é que têm sido descobertas através dos inquéritos dos impactos ambientais que companhias mineiras fazem.

9) Megaceras briansaltini - Este escaravelho-rinoceronte entrou directamente para a lista porque é parecido com o Dim, o escaravelho-rinoceronte azul do filme "A Bug's Life," da Disney/Pixar.Ou seja, o raio do bicho entrou com passe VIP! Acho engraçado que o bicho é feio como tudo e os cientistas chamam-lhe de 'carismático'.

8) Malo kingi - Para já gosto do nome! OK! Este entrou logo na lista a matar. Literalmente falando. Esta alforreca Australiana foi descoberta depois de ter picado um Americano, chamado Robert King e este ter morrido por não existir ainda um antídoto. O nome do senhor foi dado ao bicho como homenagem.

7) Xerocomus silwoodensis - Cogumelos!! Estes entraram na lista por provarem até que ponto desconhecemos o nosso planeta... ou o ponto a que a ignoramos. Imagina que estes cogumelos estavam nos relvados do Colégio Imperial de Londres, um colégio que faz estudos intensivos na descoberta e conhecimento da flora do planeta. Bom, se fosse cá em Portugal já teríamos descoberto há imenso tempo. Nem que fosse pelo facto de irmos para o relvado deitarmos ao sol. LOL!

6) Styloctenium mindorensis - Este deve ter entrado por ser mesmo giro! Olha-me aquelas manchas... Parece uma raposa com asas. OK! Este morcego é o segundo mais conhecido do seu género, o que significa que os outros todos que supostamente devem existir não passam de relatos e/ou avistamentos por filipinos (o país não as bolachas!). Com a desflorestação que as Filipinas anda a sofrer, teme-se que nunca se virá a conhecer o resto da família. Com a descoberta deste morcego, os ambientalistas estão a gerar alguma pressão para evitar a desflorestação. Bom, pelo menos têm um mascote bem jeitoso. Porque, avaliando quase todos os seus primos afastados...

(Amanhã continuo com esta curiosidade porque há coisas que fica bem saber!)
publicado por Arms às 14:26
16 de Junho de 2008

Ele chega a casa, depois de um excelente dia de trabalho (que começou meio tímido), e abre o seu email pessoal. Leva uma chapada (<-metáfora). Tem um mail de alguém que não vê há uns largos tempos e que gostava que continuasse assim. Abre o mail e lê. Leva a segunda chapada. Esse alguém quer marcar um café e demonstra interesse em voltar a reatar algo com ele. Ele responde: "Posso ir beber café e conversamos mas não esperes algo mais. Há coisas que temos para falar um com o outro mas, daí a criar expectativas vai um larguíssimo passo."

Vai ao seu email profissional e leva um estalo (<-metáfora também, mas positivo). Gerente quer desenvolver um projecto de Design/ilustração com ele. Ele sorri e manda uma gargalhada sonora.

Amanhã quero sempre ver que projecto é este...

Ora bolas! Vou dormir mal esta noite... XD
publicado por Arms às 21:28
mais sobre mim
Prémios
Image Hosted by ImageShack.us
By Eu... Gay... e o meu Mundo
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Felizes Juntos (2009).
quote: o traço bonito e elegante reflectido no ímpeto neutralizado dos dias
By Felizes Juntos (2008)
quote: bom gosto e traço bonito e elegante.


últ. comentários
Que texto! Que texto! Sou solteiro por opção e que...
Olha eu estou exatamente igual.. Não me conseguiri...
Olá Arms!Há quanto tempo! Não tenho acompanhado es...
aqui ha dias vi te a subir a rua do sol ao rato.j...
Bem fixe isto. Nos extremos há coisas que nem sabe...
se estiver interessado/a num novo template para o ...
Sim, concordo.Mas acima de tudo, mais intervenção ...
Silêncio a mais... nessas viagens todas não há int...
Bom regresso à blogosfera
Concordo com o que dizes, tambem sou solteiro e as...
subscrever feeds
blogs SAPO
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
17
21
22
24
26
28
29
30
pesquisar neste blog