26 de Julho de 2008

Parece-me que ando a precisar de desligar-me um bocado. Muita coisa na cabeça.

Este blog vai estar inactivo nos próximos dias...

Ando a precisar de um rumo. Há coisas que tenho que fazer.

Há mudanças que precisam de ser feitas.

Voltarei.
publicado por Arms às 00:15
24 de Julho de 2008

publicado por Arms às 23:27

publicado por Arms às 23:21

Suspeito que tenha mais um sobrinho a caminho... O meu irmão anda com umas conversas estranhas. Se assim for ponho-me a pensar... Será que entrou em modo "propagação da espécie" à velocidade "turbo"? Tipo, este seria o terceiro num espaço de 2 anos e meio!

Se continuarem assim, terei 6 ou 7 sobrinhos aos 30!

Epá, gosto de putos a correr por aí e acho toda a ideia de ser tio fantástica. Mas vamos com calma, não? É que ainda não conheço os meus sobrinhos... *cof, tio desnaturado, cof*
publicado por Arms às 07:37
22 de Julho de 2008

Tendo uma mãe que faz bolos por gosto e adora decorá-los, tenho uma pequena panca por decoração de bolos. Volta e meia procuro ideias para dar à minha mãe. Ela gosta do mimo... Numa destas minhas voltas deparo-me com criações feitas e massapão. Mas, de todas as criações que vi, estes foram o mais impressionantes... Esta senhora é uma artista!


O pormenor é algo do outro mundo. Impressionante!
publicado por Arms às 02:23
18 de Julho de 2008

Há dias estava a ter uma conversa muito interessante com um amigo meu. Falámos sobre o casamento homossexual. Agora, uma nota sobre o meu amigo. Ele é tem umas ideias fixas, bem marcadas. Isso seria uma coisa positiva se as ideias fixas que ele tem não fossem ridículas, mas gosto de acreditar que ele irá evoluir e mudar. Tem inteligência suficiente para isso... o que duvido mesmo é do seu bom senso. Enfim, continuando. Começamos por dizer os prós e contras do casamento homossexual a nível social e ele vai-me buscar a carta religiosa da questão. E fico ali a observá-lo, a falar, a gesticular. E de repente ponho-me a pensar... Onde é que eu já vi este tipo de comportamento? A sua voz aumenta e aumenta. Os seus gestos tornam-se mais rápidos, com os braços a esvoaçar por todos os lados e ele a saltitar na cadeira, defendendo apaixonadamente a sua teoria acerca da "santidade do casamento religioso". E atinge-me... Parece um macaco. É claro que lhe perguntei: tens noção de que os homossexuais querem o casamento civil e não o religioso?

Mas a imagem com que fiquei... E depois lembrei-me de que todos agem assim... Começam por dar as suas opiniões como pessoas e começam por gesticular e falar alto e a berrar que terminam por dá-las como macacos.

O meu amigo ficou calado depois da pergunta que lhe fiz enquanto citava um número de direitos que ele tem direito como heterossexual e que os homossexuais não têm. Direitos esses que estão contemplados nos Direitos Humanos e que, supostamente, deveria de ser para todos. Enfim...
publicado por Arms às 11:56
17 de Julho de 2008

Eu - É mã... Nem eu nem a minha irmã tivemos sorte com homens. Os delas fogem e os meus nem chegam.
Mamã - Não perdes nada. Os homens não valem nada. Estás melhor assim... (Pausa) Quer dizer, as mulheres também não valem nada. Da maneira como andas ainda vais para monge.
Eu - Não tenho vocação.
Mamã - Pois... Olha, vai para budista. Rapas o cabelo, vestes aquelas roupas laranjas e cantas o Aire Crisha... e fazes Taishi... depois mudas-te pró Tibete.

o.O'

"Palavras antes, palavrinhas durante, palavrões depois."
publicado por Arms às 02:54
16 de Julho de 2008

O dia correu bem e tudo indicava que seria mais um dia banalíssimo, tal como todos os outros dias que tive até hoje. Mas, ao abrir a caixa do correio, reparo no envelope A4. Vindo da Califórnia. Dirigido para mim. Fico nervoso e contente. Há uns meses inscrevi-me para pedir informações sobre a minha admissão no Instituto para as Artes da Califórnia, a CalArts. Já me tinha esquecido disso e a vida já me estava a correr bem. Hoje a vida corre com outra cor. Fizeram uma avaliação do meu portfólio e 'tenho potencial'. Junto enviam-me uma brochura com informações do campus e curso e possíveis apoios. Fico fascinado. Cada folha que folheio são como pequenos doces que saboreio. Chego à folha final e... cawáiyo!! 49 MIL dólares para admissão... 'DASSE! Lá vou eu ter que jogar no euromilhões... Que chatice! Ou vender o corpo... mas não estou assim tão desesperado. LOOL!
publicado por Arms às 00:40
14 de Julho de 2008

Ele: Tens um cabelo branco.
Ele: Onde?
Ele: Aqui. (E arranca o cabelo branco para mostrar) Estás a ver? Tens um cabelo branco...
Ele: 'Tás parvo!? Eu não tenho cabelos brancos.
Ele: Então e o que é isto?
Ele: É um cabelo branco, mas não é meu. Não está ligado ao meu corpo logo, não é meu.
Ele: Cala-te! As coisas que tu inventas...
Ele: É verdade! O cabelo branco só é meu quando o possuir. Como já não o tenho, deixa de ser meu. Logo, não tenho cabelos brancos.
Ele: Tu tens problemas, sabes...

(As coisas que uma pessoa ouve enquanto bebe café...)
publicado por Arms às 02:00
mais sobre mim
Prémios
Image Hosted by ImageShack.us
By Eu... Gay... e o meu Mundo
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Felizes Juntos (2009).
quote: o traço bonito e elegante reflectido no ímpeto neutralizado dos dias
By Felizes Juntos (2008)
quote: bom gosto e traço bonito e elegante.


últ. comentários
Que texto! Que texto! Sou solteiro por opção e que...
Olha eu estou exatamente igual.. Não me conseguiri...
Olá Arms!Há quanto tempo! Não tenho acompanhado es...
aqui ha dias vi te a subir a rua do sol ao rato.j...
Bem fixe isto. Nos extremos há coisas que nem sabe...
se estiver interessado/a num novo template para o ...
Sim, concordo.Mas acima de tudo, mais intervenção ...
Silêncio a mais... nessas viagens todas não há int...
Bom regresso à blogosfera
Concordo com o que dizes, tambem sou solteiro e as...
subscrever feeds
blogs SAPO
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
15
19
20
21
23
25
27
28
29
30
31
pesquisar neste blog