29 de Outubro de 2009

Toda a gente anda à procura. De alguma coisa. De alguém. Toda a gente. O que torna tudo interessante, no entanto, é saber onde as pessoas se encontram a elas mesmas.

 

Eu tenho tendência em encontrar-me nos espaços intermédios. Acho que me encontrei uma vez naquele momento em que estamos prestes a acordar. Naquele momento em que não tens a certeza o que é real e o que não é. No entanto há uma falha gravíssima... a pior parte é que tens que acordar sempre.

 

É aquele sentimento de que a vida simplesmente está a acontecer, a ti. Como se não fizesses realmente parte do que está realmente a acontecer. Estamos constantemente a sonhar realidades alternativas para nós mesmos mas, o que acontece quando a realidade parece mais com um sonho do que qualquer outra coisa? Vês-te a ti mesmo a viver e é como se estivesses impotente. Não consegues fazer nada para mudá-la. E, mesmo sabendo que não estás só neste sentimento, não serve de consolo absolutamente nenhum. Facto é... não sabe bem sonambular pela vida fora.

 

E há alturas em que olhas para ti e pensas seguir em frente. E tomas o passo e as coisas acontecem. Acontecem simplesmente para que tudo volte exactamente ao mesmo sítio onde estás. Nesse sentimento de sonambolismo... 

 

Todas as pessoas procuram alguém que os acorde. Todas as pessoas procuram algo que as fazem viver. E eu ainda tenho tendência em encontrar-me nos espaços intermédios... ainda tenho ataques de sonambolismo.

publicado por Arms às 18:11
Sim, eu sei onde me encontro. Desejo-te o mesmo. É mágico, amigo. E vale cada lágrima que já chorei, cada dia em angústia, cada ponta de ansiedade que me corre nas veias, cada quilograma perdido... Sim, eu sei onde me encontrar e por isso nem me espanto de andar assim perdida perdidamente.
Catarina a 31 de Outubro de 2009 às 02:16
Como é mau esse sentimento de que a tua vida é um filme e não conseguiste o papel principal... quanto aos momentos em que nos encontramos os meus não residem no mundo dos sonhos, tive um apenas numa manhã passada numa praia a ver o sol nascer em que apenas se ouviam as ondas e as gaivotas que se levantavam para começar o dia, sigh..., adorei esse momento tão Zen.
Lover_boy a 4 de Novembro de 2009 às 19:12
mais sobre mim
Prémios
Image Hosted by ImageShack.us
By Eu... Gay... e o meu Mundo
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Etnias

Image Hosted by ImageShack.us
By Felizes Juntos (2009).
quote: o traço bonito e elegante reflectido no ímpeto neutralizado dos dias
By Felizes Juntos (2008)
quote: bom gosto e traço bonito e elegante.


últ. comentários
Olha eu estou exatamente igual.. Não me conseguiri...
Olá Arms!Há quanto tempo! Não tenho acompanhado es...
aqui ha dias vi te a subir a rua do sol ao rato.j...
Bem fixe isto. Nos extremos há coisas que nem sabe...
se estiver interessado/a num novo template para o ...
Sim, concordo.Mas acima de tudo, mais intervenção ...
Silêncio a mais... nessas viagens todas não há int...
Bom regresso à blogosfera
Concordo com o que dizes, tambem sou solteiro e as...
Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou ...
blogs SAPO
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
19
21
22
23
25
27
28
30
31
pesquisar neste blog