Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

reflectmyself

reflectmyself

Nunca pensei

Arms, 16.09.08
Todos dizem a mesma coisa. Promessa vãs de um possível futuro mais claro e melhor. Mas tudo o que consigo ver é uma grande nada. É realmente triste, chegar a um ponto em que não se tem esperanças nem expectativas. Quando se perde todo o brilho nos olhos e se torna neste triste, oca e insignificante carcaça. (OK! Being really dramatic right now!) Mas esta sensação claustrofóbica de isolação, de solidão, a prensar sobre mim, dia após dia, em camadas, como placas metálicas de decepção, tristeza, pena de mim mesmo, depressão e pessimismo. Toneladas de placas sobre a minha cabeça. (Risos.) Nunca pensei chegar a este ponto. Nunca pensei que a minha vida seria assim. Tanto potencial. Tanta força de vontade. Tantos planos e tantos sonhos. Humf! Tudo... Tudo isso perdido por causa de um pequeno erro, que parecia ser uma grande conquista. Gawd! Devo estar mesmo um trapo emocionalmente. O mais ridículo é que sempre fui o oposto do que sou. Tão triste... Até alguns amigos me evitam. Quem poderá censurá-los? Até eu tenho dificuldades em aturar-me por vezes...

E esta solidão. Esta carência afectiva. é realmente tão frustrante quando recebo novidades de amigos que encontram alguém e iniciam namoros e eu fico ali, à espera, sentindo pena de mim mesmo como se isso servisse de consolo. Imaginam o quanto é frustrante as pessoas dizerem-te que és uma pessoa fantástica e que serias ideal e continuas ali como que à espera de alguém, que nunca aparece? É frustrante. Deprimente. Gawd! Até pareço um potencial suicida a falar. Nem isso sou capaz de fazer, de tão letárgico que estou... Parece que estou por ali, à espera do dia do juízo final. Completamente entregue à minha mediocridade, lamentando a minha insignificância.

Nunca pensei. Realmente nunca imaginei que pudesse estar tão perdido e sozinho como tenho andado. Como alguém disse, algures não sei onde: "Maldita maturidade!" Realmente. E o que me lixa nisto tudo é que tenho mesmo a noção de que ando literalmente a desperdiçar os meus anos e não consigo fazer absolutamente nada para mudar. Fico ali apenas.

Nunca pensei dizer isto mas parece-me que estou a precisar de apoio profissional. Isto está a ir para além do meu controlo...

4 comentários

Comentar post