Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

reflectmyself

reflectmyself

Coisas que todos os gays devem saber

Arms, 08.10.08
  1. Nunca encontrarás "o tal" em sites como o gaydar ou o Manhunt.
  2. Lá porque fazes parte de uma minoria não quer dizer que sabes como as outras minorias se sentem.
  3. Algumas religiões não pensam que és um pecador em necessidade desesperada de redenção.
  4. Lá porque não estás casado não quer dizer que não estás num relacionamento sério e duradouro.
  5. SIDA e HIV são doenças gay. Assim como cancro, leucemia, desordem bipolar e paralesia cerebral. Nenhum heterossexual apanha estas doenças.
  6. Lá porque ages de forma mais hetero não quer dizer que és melhor que uma pessoa que não age de forma hetero.
  7. Não és porta-voz na causa dos homossexuais. Outros podem ter outras opiniões e experiências.
  8. As Horas não é o melhor filme de sempre. Nem o é o Brokeback Mountain. São simplesmente bons filmes que tiveram destaque por serem únicos nas suas categorias e pioneiros nas suas expressões.
  9. Muita gente está disposta a aproveitar-se do facto de saberem que és gay. Aprende a antecipar-te.
  10. Ser gay não significa que tens que limitar a visão que tens de ti mesmo. és muito para além da tua sexualidade.
  11. Lembra-te que maior parte das pessoas estão-se a borrifar para a tua vida sexual.
  12. Ser gay e comentar que a vida sexual da pessoa ao lado não é comum é, no minímo, estranho.
  13. Nem todos os gays são liberais.
  14. Não tens que seguir um estereótipo. Nem tens que negá-la. Podes ser uma pessoa que é mais do que simplesmente gay.
  15. Aprende a lidar com rejeição de forma calma, graciosa e com bom humor. Deixa o histerismo para as galinhas.
  16. Nunca percas essa noção de seres diferente e tenta moldar-te ao facto de seres único. Isso dá-te um avanço aos que se imitam uns aos outros.
  17. Lá por seres gay não quer dizer que és inteligente, culto e que vestes bem. Não te faças mais do que és. Mas não deixes que os outros te façam menos do que aquilo que mereces.
  18. Não precisas de ser activista ou pensares que tens obrigação em lutar por causas pelas quais não te identificas apenas por seres gay.
  19. Não existe uma comunidade gay, embora a maioria pense que sim. Os outros não devem partir do princípio que conheces toda a gente LGBT apenas por seres gay.
  20. Não dês atenção às pessoas que usam as suas experiências para escrever listas sobre "as experiências gay". São apenas formas de buscar atenção.
=) OK... achei piada à lista. Não a escrevi, nem busco atenção (*cof,cof). Achei interessante. Pronto.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.