16 de Abril de 2008

Deitei-me sobre a minha cama, com lençóis lavados e aquele edredon limpo, casado de ter levado um dia inteiro a lavar um simples quarto - claro que com imensas pausas e distracções, mas lá consegui. Sorrio. Retirei tudo que não precisava, tudo que só me prendia e meti tudo no lixo. E, apesar de estar cansado há um sentimento qualquer que me invade. Algo de estranho. Algo que nunca senti antes. Um sentimento de conquista, de superação que flui por mim como fumo. A esta altura do campeonato teria mesmo jurado que te havia há muito esquecido. Que já tinha pegado nas tuas fotos, nas nossas memórias, nas tuas promessas e os tinha deitado fora. Mas afinal não. Havia ainda o pó que me havias deixado. Mas agora sobrou nada. Nada para além de mim, a sorrir, cansado, vitorioso e o teu eterno silêncio. O silêncio que veio para me atormentar no início conforta-me agora. E sorrio. Afinal, hoje foi um belo dia de limpezas!
publicado por Arms às 17:08
tags:
mais sobre mim
últ. comentários
Que texto! Que texto! Sou solteiro por opção e que...
Olha eu estou exatamente igual.. Não me conseguiri...
Olá Arms!Há quanto tempo! Não tenho acompanhado es...
aqui ha dias vi te a subir a rua do sol ao rato.j...
Bem fixe isto. Nos extremos há coisas que nem sabe...
se estiver interessado/a num novo template para o ...
Sim, concordo.Mas acima de tudo, mais intervenção ...
Silêncio a mais... nessas viagens todas não há int...
Bom regresso à blogosfera
Concordo com o que dizes, tambem sou solteiro e as...
blogs SAPO
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
15
18
23
26
28
30
pesquisar neste blog